Zapdos e a Usina de Energia

120px-145Zapdos

  Depois de muito estudar os Diglett, Nones entrou em contato com o Professor Oak, estava muito ansioso para contar suas descobertas – “Olá, Professor! Estive estudando os Diglett por algum tempo e gostaria de contar algumas coisas que não estão registradas na Pokédex!” – contou como os Diglett plantavam e ajudavam as florestas e fazendas próximas, provavelmente também cavaram o túnel que liga Vermilion com a floresta de Viridian – “Hmm, estou impressionado, Nones. Sem dúvidas são informações muito interessantes, agradeço muito” – Nones explicou que sua pesquisa foi possível graças a um ajudante do Professor – “Oh, com certeza é o Seymour, anos atrás ele estudou os Clefairy no Mt. Moon, não faz muito tempo que ele virou meu assistente. Ah, ele me contou que descobriu um golpe fascinante, provavelmente lhe será útil.” – após se despedir do Professor, Nones retornou à caverna para falar com Seymour.

  “Sim, sim, está comigo. Aqui! Encontrei enquanto estudava os Diglett, é semelhante aos TM, mas é diferente em aparência, chamo de HM, Hidden Machine. É o golpe Flash, o Pokémon cria uma esfera de luz, muito útil para iluminar locais escuros ou espantar alguns Pokémon nas cavernas!” – Nones ensinou Flash para seu Paras, testou o golpe no túnel dos Diglett, uma luz estava envolta dos cogumelos nas costas de Paras – “Muito obrigado, Seymour! Será muito útil!”.

  “Na cidade de Cerulean há uma usina elétrica abandonada com diversos Pokémon por lá, apenas tenha cuidado… existem rumores que o Pokémon lendário, Zapdos, reside nessa usina” – teria oportunidade de estudar novos Pokémon e talvez a oportunidade de encontrar o Zapdos, ligou o ZERO-ONE e partiu em direção à usina.

  Apesar de ter sido desafiado para batalhar por vários treinadores, alguns simplesmente não aceitavam um “não” como resposta, Gastly adquiriu experiência suficiente e evoluiu para Haunter – “Haunter continua com um corpo gasoso, mas agora possui duas mãos… está fantástico, Haunter!” – parou para descansar e recuperar seus Pokémon em um centro Pokémon próximo a uma caverna, ouviu a conversa de alguns treinadores – “Sim, na usina há vários Pokémon elétricos e alguns do tipo venenoso… alguns exploraram o local para capturar o Zapdos, mas desistiram antes mesmo de tentar… disseram que a pressão que sentiram era tamanha que sentiram-se incapacitados” – sentiu-se muito ansioso, mas sabia que não teria chances de batalhar ou capturar um Pokémon lendário.

  Na manhã seguinte entrou na usina de energia, logo na entrada encontrou um Magnemite – “Mas que sorte! Vamos capturá-lo, Haunter!” – decidiu trocar seu Oddish pelo Magnemite e, enquanto explorava o local, estudaria o Magnemite – “Interessante… a Pokédex mostra que ele tem a habilidade Sturdy e flutua por causa das ondas eletromagnéticas dos ímãs…” – Nones parou de falar quando um Grimer surgiu na sua frente – “Outro Pokémon interessante! Magnemite, Thunder Wave!” – com Grimer paralisado foi fácil de capturá-lo.

  Continuou a explorar o local, apesar dos boatos afirmarem que o local estava abandonado, as máquinas e geradores estavam em excelentes condições, ouviu passos e uma voz – “Olá, faz muito tempo que não encontro viajantes aqui… também está aqui a procura do Zapdos?” – Nones respondeu negativamente – “N-não! Eu e meus Pokémon não somos tão fortes assim… duvido que teríamos alguma chance contra Zapdos… estou aqui para estudar os Pokémon deste lugar” – o senhor se apresentou como sendo o responsável pela usina – “A região de Kanto não precisa se preocupar com energia elétrica… essa usina fornece energia para a região toda… mas é graças a esses Pokémon, me siga”.

  Estavam num local com vários geradores e alguns barris – “Os Pokémon desse vivem em um perfeito equilíbrio, os Voltorbs e Magnemites concedem energia aos geradores enquanto os Grimers absorvem o lixo e sujeiras próximas… apesar de parecer um problema caso o número de Pokémon aumente drasticamente, não é… os Pokémon deste local vivem em perfeita harmonia, algo inesperado, não é? Quem diria que Magnemites, Voltorbs e Grimers pudessem conviver assim… Retorno a esse lugar apenas para conferir se está tudo bem” – pararam num grande corredor escuro – “No final deste corredor encontrará Zapdos, caso queira apenas utilizar a Pokédex para os dados… Zapdos não lhe atacará, tenho certeza disso” – Nones concordou em prosseguir pelo corredor.

  Quanto mais próximo estava do final do corredor, mais forte um brilho amarelo ficava – “Tenho certeza que é o Zapdos… utilizarei a Pokédex apenas para os dados… apenas isso….” – chegou em um grande salão e no centro dele estava Zapdos, coberto por fortes relâmpagos, Nones hesitou por um momento em utilizar a Pokédex, a mera presença de Zapdos fez com que sentisse paralisado, não conseguia se mover. Zapdos virou-se e encarou Nones, a pressão de sua presença era tamanha que não sabia o que fazer, mas Zapdos apenas ignorou sua presença – “Acho… que é melhor sair daqui…” – ainda um pouco assustado por ver um Pokémon lendário tão próximo, mas os dados registrados em sua Pokédex seriam muito úteis.

  Agradeceu ao senhor e saiu da usina de energia, resolveu retornar ao centro Pokémon para descansar, não conseguia parar de pensar que encontrou e viu um Pokémon lendário tão próximo. Só de lembrar da pressão que sentiu, começou a suar frio, imaginou se teria oportunidade de encontrar outros Pokémon lendários em sua aventura.

sig2-Sora

Deixar uma resposta