Bill, o pesquisador

FireRed_LeafGreen_Bill

  Nones acompanhou Sora e Bep até o centro Pokémon da cidade de Cerulean, depois de recuperar seus Pokémon, despediram-se de Sora que foi desafiar o ginásio da cidade, Nones avistou um Ekans, Bep quis capturá-lo – “Vai, Rattata!” – Nones se surpreendeu ao ver que o Rattata tinha uma coloração diferente, depois que Bep capturou o Ekans, Nones pediu permissão para analisar o Rattata, estava realmente impressionado, ainda mais porque quando Rattata saiu da Pokéball, haviam uns brilhos em volta dele.

  “Onde capturou esse Rattata?” – perguntou Nones enquanto fazia anotações em seu caderno – “Capturei perto da cidade de Viridian” – respondeu Bep, Nones imaginou que talvez ele não tenha percebido o quão diferente seu Rattata era. Despediu-se de Bep e retornou ao centro Pokémon, queria contar o que descobriu ao Professor Oak – “Professor! Encontrei um Rattata com uma coloração diferente da normal, é de um treinador que conheci, Bep, ele quem capturou-o” – o Professor sorriu e disse – “Vejo que conheceu o Bep, também entreguei uma Pokédex a ele quando iniciou a jornada. Enfim, como era o Rattata?” – Nones explicou que o Rattata era um marrom bem claro e quando saiu da Pokéball uns brilhos envolviam o Rattata.

  “Impressionante, acredito ser um shiny” – Nones perguntou o que seria um shiny – “Shiny é um Pokémon com uma coloração diferente da normal, muitos os chamam de shiny por causa dos brilhos que envolvem o Pokémon quando este sai da Pokéball, são extremamente raros” – imaginou quais seriam as colorações dos demais Pokémon, se haveriam grandes ou pequenas mudanças nas cores dos shinies, agradeceu ao Professor pela explicação – “Encontrei vários Clefairys no Mt. Moon, estavam dançando e cantando em volta de uma enorme rocha, recebi essa pedra de uma Clefable, olhando bem de perto é possível ver uma lua crescente no interior da pedra… também recebi essa outra pedra com uma concha…” – o Professor analisou pela tela do telefone e explicou – “Essa pedra é a Moon Stone, alguns Pokémon evoluem ao entrar em contato com ela… a outra é difícil dizer, me parece ser um fóssil, pela concha é de um Kabuto, um Pokémon pré-histórico, na ilha de Cinnabar há um laboratório muito avançando, são capazes de reviver o fóssil de Pokémon como é o caso do Kabuto” – se fosse para Cinnabar teria a possibilidade de ter um Kabuto, gostaria muito de analisar um Pokémon pré-histórico, mas estava muito distante de Cinnabar, deixaria para depois essa possibilidade.

  “Ah! Nones, lembrei que há um pesquisador que mora em um farol perto de Cerulean, o nome dele é Bill, visite-o, garanto que será muito interessante” – despediu-se do Professor e ao sair do centro Pokémon, avistou o farol bem distante da cidade, deu partida no ZERO-ONE e foi em direção ao farol.

  Após atravessar uma ponte vazia, vários treinadores o desafiaram para batalhar, conseguiu convencer alguns que não queria batalhar, porém outros foram mais insistentes e acabou concordando em batalhar, apesar de ter batalhado contra sua vontade, as batalhas foram muito úteis, pois o seu Bellsprout evoluiu para Weepinbell, não era mais maleável como antes, mas seu Weepinbell continuava sendo muito amigável.

  Finalmente chegou no farol, apertou um botão que acreditava ser a campainha, a porta abriu sozinha, apesar de estar um pouco assustado entrou e seguiu por um longo salão. Nones se assustou quando viu um enorme Pokémon, usou a Pokédex, mas não houve reação, não era um Pokémon, ouviu – “Olá! Socorro, poderia me ajudar a sair disso?” – a voz vinha do suposto Pokémon – “Por favor, aperte esse botão, com esses braços não consigo apertar este botão!” – Nones apertou o botão e o Pokémon se desmanchou, um rapaz saiu de dentro – “Ahh, muito obrigado! Me chamo Bill, sou um pesquisador Pokémon, obrigado por me tirar dessa fantasia!” – “Isso é uma fantasia?! Por que estava vestindo isso?!” – Bill respondeu com um sorriso – “Gosto de vestir essas fantasias para me imaginar como o Pokémon se sentia, como se movia e outras coisas, tudoisso ajuda em minhas pesquisas”.

  Depois de se apresentar, Bill mostrou um quadro – “Nesse quadro estão alguns Pokémon lendários, Articuno, Zapdos e Moltres, poucas pessoas viram esses Pokémon, por essa razão só ouvimos lendas sobre eles… Articuno, o pássaro de gelo… Zapdos, o pássaro elétrico… e Moltres, o pássaro de chamas, esses são os Pokémon lendários da região de Kanto” – Nones imaginou se algum dia teria a chance de encontrar esses Pokémon, Bill o surpreendeu dizendo – “Você é a segunda pessoa a me visitar hoje, um treinador chamado Sora passou aqui alguns momentos atrás, o presenteei com um ingresso para o SS. Annie. Infelizmente nada tenho a lhe presentear, soube pelo Professor Oak que pretende ser um pesquisador Pokémon, certo? Neste caso, posso lhe auxiliar com uma pequena atualização do banco de dados da sua Pokédex”– enquanto atualizava, Bill o explicou sobre o sistema de transferência de Pokémon, era ele quem havia desenvolvido e aprimorado esse sistema.

  Despediu-se de Bill e retornou ao centro Pokémon para hospedar-se, ouviu algumas pessoas conversarem sobre uma caverna repleta de Diglett e Dugtrio, curioso para estudar a respeito destes Pokémon, assim que amanheceu ligou o ZERO-ONE e partiu em direção à cidade de Vermilion.

sig2-Sora

Deixar uma resposta