Gyarados


– Golduck, Zen Headbutt!

  Golduck desferiu uma cabeçada em Gyarados, aguardou para ver a reção de Gyarados, mas, para sua surpresa, ele não revidou, somente urrou forte o suficiente para empurrar Pato e seu Golduck para trás – “Ele… está furioso… mas não quer lutar? Que estranho… não importa, Golduck, Zen Headbutt de novo!”.

  Após ser atacado, Gyarados empurrou Golduck, lançou um Hyper Beam para o além e urrou novamente, Pato percebeu que a Déx em seu bolso estava emitindo um barulho estranho e a retirou de imediato:

– O que está fazendo?! Pare imediatamente este Gyarados!

– Carl?! Não sabia que isto tinha essa função…

– A Dex da Equipe Rocket possui diversas funções, mas em outra ocasião explicarei melhor isso! Precisa parar este Gyarados imediatamente! Se ele continuar assim, não demorará muito para que várias pessoas apareçam neste lugar!

  Guardou a Dex em seu bolso, retornou Golduck à Poké Ball ,  escolheu Venusaur e estendeu seu bracelete – ” trocou de Pokémon e escolheu Venusaur – “Vamos acabar com isso, mega evolua!” – mesmo a mega evolução de seu Pokémon sequer chamou a atenção de Gyarados – “Venusaur, Sludge Bomb!” – Venusaur lançou uma bomba de veneno em Gyarados, o qual, desta vez, revidou com Crunch – “Finalmente decidiu lutar… Venusaur, Petal Dance!” – várias pétalas rodearam Venusaur e foram lançadas na direção de Gyarados, que urrou novamente com raiva e lançou outro Hyper Beam para o horizonte.

  Venusaur estava prestes a continuar o ataque com Petal Dance, quando, de repente, Gyarados parou. Pato arremessou uma Poké Ball, mas Gyarados se recusou a ser capturado e saiu da Poké Ball, urrando novamente. Por ter parado de atacar, Venusaur agora estava confuso, Pato ordenou que usasse novamente Petal Dance, apesar de estar confuso, Venusaur atacou Gyarados e o parou novamente – “Dessa vez não sairá da Poké Ball!” – arremessou outra Poké Ball em Gyarados e, depois de alguns segundos, finalmente o capturou.

  Assim que pegou a Poké Ball de volta, esta foi teletransportada e sumiu de sua mão: “Mas o que…”, pensou enquanto procurava ao redor, até que percebeu sua Dex emitindo novamente sons:

– Conseguiu pará-lo, muito bem.

– Carl? Capturei-o, mas a Poké Ball acabou de sumir e…

– Verdade, por conta das diversas missões que tivemos, você não teve a oportunidade de capturar vários Pokémon… enfim, Gyarados foi enviado para o sistema de armazenamento, somente podemos carregar 06 Pokémon, caso queira trocar seus Pokémon, basta pressionar o botão no centro da sua Dex, todos você verá todos aqueles que capturou e quais estão com você.

  Seguiu as instruções de Carl, assim que apertou o botão, surgiu uma tela virtual com todos os Pokémon que possuía: “Não sabia que um aparelho como este tivesse tantas funções… bom, por hora usarei Gyarados e deixarei Pinsir guardado”, reparou que a Poké Ball que continha Pinsir em seu cinto briilhou e na tela virtual mostrou que os Pokémon foram devidamente trocados.

– Obrigado, Carl.

– Disponha. No momento não temos nenhuma ordem a cumprir, então, caso queira, pode utilizar este tempo para treinar.

  Sentou-se para descansar e concordou que deveria treinar, mas também pensou sobre o que disseram a respeito de Giovanni: “Por que será que foi às Ilhas Sevii? Não acho que tenha ido até as Ilhas Sevii procurar por Moltres, nada faz sentido… e esses executivos? E esse trio, os Três Monstros?”.

– Ora ora, você não deveria estar no esconderijo ao invés de estar aqui fora sentado?

  Imediatamente pegou a Poké Ball de Venusaur e ergueu-se, estava preparado caso precisasse batalhar, mas parou quando percebeu que o indivíduo vestia uniforme da Equipe Rocket:

– Quem é você?

– Proton, onde está Carl? Precisamos que você e ele voltem à Mahogany.

  Continuou encarando Proton, mas guardou a Poké Ball – “É alguma emergência? Por que precisamos voltar?” – não houve resposta, somente o mesmo silêncio de sempre – “Vocês realmente esperam que eu faça tudo o que vocês mandam? O que está acontecendo e o que sabem sobre Giovanni ido para as ilhas?!” – esperava novamente ter o silêncio como resposta, porém, Proton se aproximou, com uma expressão séria em seu rosto – “Se soubesse, lhe responderia, apenas passe o recado e faça o que eu disse”.

  Proton virou-se e seguiu em direção à Mahogany, hesitou em retornar ao esconderijo: “Odeio não saber o que está acontecendo, mas parece que também não sou o único”, olhou fixamente para o lago por alguns minutos antes de voltar e avisar Carl.

 

 


Deixar uma resposta