Pokémon Lost Silver

Eu sou um simples universitário que mora sozinho num apartamento. Eu estava muito entusiasmado com o lançamento do Pokémon HeartGold/SoulSilver nos EUA.

Como estava muito ocupado com o ano lectivo e ainda era pobre, eu não tive possibilidade para comprar o Pokémon Soulsilver na data de lançamento. No fim do meu ano lectivo, encomendei o Soulsilver no Site Amazon. Porém, demoraria uma semana para chegar. Eu decidi então que durante aquele tempo, eu iria jogar novamente ao Pokémon Crystal no meu GBC.
No entanto, eu lembrei-me que há algum tempo atrás, a minha mãe jogou-me o jogo fora porque eu tinha dito que o arquivo estava corrompido, e fiquei muito chateado com isso. Ela também jogou fora o Pokémon Silver, então apenas restava o meu GBC. Como de costume entrei no Gamestop e comprei uma cópia usada da versão Silver, era o único disponível para o Game Boy Color e apenas custava 10 dólares, o que era bem barato.
Fui para casa e comecei a jogar, muito contente por causa daquela nostalgia. Mas foi aí que as coisas começaram a ficar bizarras.
O logo da Gamefreak apareceu normalmente, mas o jogo bloqueou logo ali. Achei que o erro era do cartucho, então reiniciei. Voltou a acontecer o mesmo. Eu tentei apertar A e Start muitas vezes, e todos os outros botões também. Eventualmente o logo desapareceu e então apareceu um ecrã preto por 5 segundos. De repente, em vez de aparecer o ecrã com o título, fui logo para o jogo, a jogar num arquivo que já lá estava salvo, o que foi muito estranho, pois os arquivos deviam ter sido todos apagados. De qualquer maneira, escolhi a opção “continue” para ver o que havia no arquivo.
Primeiro verifiquei as informações do meu treinador. O nome era apenas “…”  não havia grande originalidade ali.
Então verifiquei o perfil e aparentemente, ele tinha 999:99 horas de jogo, com todos os crachás, 999999 de dinheiro e todos os 251 Pokémons no Pokédex.
Vendo que ele também já tinha o Mew e o Celebi, eu pensei que ele tinha usado um Game Genie, ou era um jogador de Pokémon muito bom.
Fui espreitar os seus Pokémons para ver qual era a equipa que ele tinha. Para minha surpresa, eu vi que ele tinha apenas 5 Unowns e um sexto Pokémon, chamado “Hurry” (depressa). Pensando que aquilo era só uma brincadeira de mau gosto da última pessoa que tinha jogado com aquele cartucho, eu decidi ver os perfis dos pokémons. Eles eram 5 letras de Unown, todos no nível 5. Não me recordava muito bem do alfabeto dos Unown, mas mesmo assim consegui reconhecer que todos juntos formavam a palavra LEAVE (sai) .Já o sexto Pokémon era um Cyndaquil. O Cyndaquil parecia normal, porém estava no nível 5 e com apenas 1 HP e só com 2 ataques, o “Leer” e o “Flash”. Não sei porque o chamaram de Hurry, mas naquele momento eu ignorei isso. O mais estranho era que mesmo o meu Game Boy estando no volume máximo, nenhum dos Pokémons fazia os seus sons comuns.
Depois de ver tudo sobre a minha equipa, fechei o menu. Reapareci num lugar que parecia ser uma sala da Bellsprout Tower. Porém, por alguma razão, não havia nenhum personagem nem nada por perto. Ainda mais estranho, era que não havia nenhuma música, e também não havia nenhuma saída ou escada naquele lugar, ou pelo menos eu pensava que não havia.

Eu andei lá durante alguns minutos, mas não encontrei nenhuma saída. Esta certamente não era a sala da Bellsprout Tower que eu tinha visto antes. Tentei procurar nos meus itens a ver se tinha alguma Escape Rope, mas a mochila estava completamente vazia. Também não havia nenhum Pokémon selvagem por lá.
Finalmente consegui encontrar a escada. Ela estava escondida atrás de um pilar, no meio da sala. O ecrã ficou preto e a música finalmente começou a tocar. Fiquei todo arrepiado, pois conhecia aquela melodia, era o tema que se ouve na rádio quando estamos em Alph Ruins, lugar onde estão os Unown.
Entretanto fui parar a uma sala totalmente escura e tive que usar o “Flash”. De seguida fui ao meu Pokégear para mudar a música para algo menos assustador e reparei que não tinha Radio Card nem nada, apenas tinha um Map Card, em que o Gold estava num espaço totalmente escuro.
Imediatamente, eu lembrei-me que o Cyndaquil tinha o Flash, então fiz com que ele o usasse. Não apareceu nenhuma mensagem a dizer “HURRY has used Flash!” ou algo assim. A sala simplesmente ficou iluminada e logo de seguida arrependi-me de ter feito isso. A sala era de uma cor vermelho-sangue muito arrepiante, com um caminho cinzento direccionado para Sul. A escada que usei para chegar ali tinha desaparecido.
Eu não tinha escolha, tinha que ir em direcção ao Sul. O ecrã ficava mais escuro a cada 20 passos que eu dava, até que finalmente cheguei ao fim, e para minha surpresa, apenas existia uma placa a dizer “ Turn Back Now” (volta já para trás).
De repente, o jogo perguntou SIM/NÃO, mas não havia nenhuma pergunta. Como eu não sabia qual era a pergunta, respondi SIM, e o ecrã ficou totalmente preto novamente. A música do Unown Radio finalmente parou, e em apenas alguns segundos, foi substituída pela “Poke Flute”.
Reapareci numa outra sala escura, e usei novamente o “Flash”. De repente, o jogo disse: “Hurry has fainted!”, o que era estranho, já que ele não estava envenenado. Então rapidamente verifiquei os stats dos meus Pokémons e vi que ele já não estava na lista. Na verdade foram todos trocados por Unowns nível 10. Fiz a mesma coisa que anteriormente e aparecia sempre “HE DIED”.
De qualquer maneira, a sala deixou de ficar escura, para mostrar que eu estava numa sala minúscula. As paredes eram tijolos cinzentos que pareciam ter algo dentro deles. Fora da sala, pareciam existir várias sepulturas, iguais às que aparecem no Pokémon Red/Blue.
Por essa altura, eu já sabia que isto era obviamente um jogo hackeado que alguém colocou à venda na Gamestop. Porém a minha curiosidade fez com que eu continuasse a jogar. Verifiquei o perfil do treinador “…” novamente e vi que o sprite do Gold tinha perdido os braços. Ele também não sorria, parecia estar triste e deprimido. Parecia meio vazio, de uma maneira tão horrível que eu nem consigo explicar. Por algum motivo, o jogo também dizia que ele tinha 24 crachás, o que era impossível.
Após alguns minutos, o meu personagem começou a girar, girou rapidamente para baixo como se estivesse a afundar. Após isto, a música parou. Depois de Gold reaparecer, este estava com uma cor totalmente diferente. Ao invés do vermelho comum, ele estava completamente branco, incluindo a sua pele. Era como se tivesse sido tirado de um GameBoy original. Verifiquei o seu perfil novamente e agora além de estar totalmente branco, ele também tinha perdido as suas pernas e lágrimas de sangue escorriam dos seus olhos. O jogo dizia que ele tinha 32 crachás, o que realmente começou a perturbar-me, pois essa mudança de números parecia representar alguma coisa importante. Verifiquei também os meus Pokémons e desta vez foram substituídos por 5 Unowns a nível 15 e escreviam “DYING” e um Celebi a nível 100. Então verifiquei o perfil do Celebi, ele era shiny e poderoso, excepto que estava cortado ao meio, apenas tinha uma perna, um braço, um olho… E tinha apenas um ataque: “Perish Song”.
Eu reparei que estava na Sprout Tower, com aquele pilar imóvel do costume, a diferença é que agora estava vermelho e era muito grande. Eu caminhei em direcção ao Norte e após algum tempo lá encontrei alguns homens e mulheres. Eles estavam alinhados lado a lado, todos a olhar em direcção do enorme pilar. Eram todos completamente brancos, e nada acontecia quando eu tentava conversar com eles. Continuei para Norte, até que me deparei com a extremidade mais alta do pilar, ele estava partido, e também estava lá Red, e, sem apertar nenhum botão finalmente fui transportado para uma batalha.
Começou a tocar novamente a música do Unown Radio, porém estava a tocar ao contrário. O sprite do Gold no modo de batalha é quase igual aos outros sprites anteriores, a chorar lágrimas de sangue, com pele branca e com falta de braços.
O texto que apareceu no ecrã só dizia “wants to battle”. Ambos tínhamos apenas 1 Pokémon cada. O Celebi apareceu apenas com metade do seu corpo e o Red escolheu um Pikachu normal, mas no nível 225, e também parecia muito triste com lágrimas nos seus olhos.
Ao invés do menu do costume, com todas as opções , a única opção existente era a de atacar….

“PIKACHU used CURSE!” – Diminuiu a sua velocidade e aumentou todas as outras habilidades. Eu nem sabia que o Pikachu podia usar essa habilidade.
“CELEBI used PERISH SONG!” – Em três rodadas, os dois Pokemon desmaiaram – eu não tinha nenhuma outra escolha, além disso.
Nesse ponto, o jogo nem voltou para o menu, já que a batalha simplesmente continuou sem mim. Eu também notei que não havia animação nenhuma.
“PIKACHU used FLAIL!” –O que não tirou quase nenhuma vida ao Celebi, apesar do nível e dos Stats do Pikachu estarem todos no máximo.
“CELEBI used PERISH SONG!” – Nada aconteceu, pois  já tinha usado isso antes.
“PIKACHU used FRUSTRATION!” – O que quase matou o Celebi, pois ficou com menos de 10 HP
“CELEBI used PAIN SPLIT!” – Surpreendeu-me um pouco, já que o Celebi nem sequer possuía esse ataque. Agora os dois Pokemons tinham 150 HP.
“PIKACHU used MEAN LOOK!” – Este não fez absolutamente nada
Como eu já esperava, de acordo com os efeitos do “Perish Song”, o Celebi desmaiou. Porém, no texto que apareceu no ecrã, dizia “CELEBI has died! Por alguma razão, o Pikachu ainda estava lá, mesmo com o efeito do Perish Song, e a morte do meu Pokémon não foi contado como se eu tivesse perdido a batalha. Então, Pikachu usou mais um dos seus ataques:
“PIKACHU used DESTINY BOND!”
Em seguida, o jogo disse “PIKACHU has died!”, com uma animação lenta de fade out. Aparentemente, eu era o vencedor, já que o Red transparente apareceu no ecrã e disse “……….”

Nessa altura eu já estava cheio de medo, pois o Red estava decapitado, apenas com o seu corpo transparente e sem vida. A batalha terminou e o ecrã ficou novamente preto. O sprite do meu personagem estava completamente transparente como o sprite do Red. Verifiquei o meu perfil novamente, e para meu espanto, a única coisa que tinha sobrado dele era a sua cabeça, com uma cor transparente. A cabeça estava um pouco ampliada, mostrando um buraco negro no lugar dos olhos.

Agora o jogo mostrava que ele tinha 40 crachás. Então fui ver os meus Pokémons. Eles agora eram Unowns a nível 20 e escreviam “NO MORE”.

Apercebi-me que estava perto do fim do jogo. Já não havia música, mas por algum motivo eu sentia que algo ainda podia ser ouvido. Eu estava de volta ao meu quarto em New Bark Town, então andei às voltas nele para conseguir interagir com algumas coisas, já que eu estava um pouco assustado para descer as escadas e ver o que me esperava.

Apesar de ter dito que estava às voltas no meu quarto, o Gold não mexia as pernas ou braços, ele estava a flutuar como os fantasmas do Pokémon Diamond/Pearl.
Como eu esperava, não havia mais nenhuma opção sem ser descer as escadas. Eu acabei por chegar à sala de casa, assim como no jogo original. Tudo estava normal, excepto o facto de que a minha mãe não estava lá. Como não deu para interagir com mais nada decidi ir lá para fora. Para minha surpresa, a porta que me levava lá fora não funcionava, mas ao invés disso, eu simplesmente andei em direcção a um fundo preto. Continuei a andar para baixo, para saber o que se estava a acontecer. A minha casa desapareceu. Foi muito assustador quando entrei naquele fundo, pois o contorno de transparente de Gold ficou todo branco, para lhe dar um contrasto maior. De seguida, cheguei a uma área completamente branca e o Gold ficou totalmente preto e transparente.
Depois de uma longa caminhada, finalmente encontrei algo: Era o sprite normal do Gold. Eu falei com ele e ele respondeu : Goodbye Forever…” e desapareceu. Enquanto isto acontecia, apareceu uma caixa de texto que apenas dizia “??? Used NIGHTMARE!”. Gold fez uma outra animação estranha, e girou lentamente para baixo, como antes.

Agora já estava de novo na sala minúscula, ainda cercada pelas sepulturas, só que desta vez, o sprite do Gold aparentemente não estava lá. Andei às voltas, mas não aconteceu nada. Verifiquei o meu perfil, e não havia mais nenhum vestígio do sprite do Gold. O jogo dizia que eu tinha 0 crachás, e todas as imagens dos líderes do ginásio de Johto foram substituídos por caveiras.

Então, finalmente verifiquei os meus Pokémons, que agora eram Unowns a nível 25 e formavam a frase “IM DEAD”
No momento em que sai do menu para o jogo, a sala onde eu estava foi coberta pelos mesmos tijolos que estavam nas paredes. Então finalmente descobri o que era aquela sala, no momento em que o texto “R.I.P…” apareceu no ecrã. Aquela sala era um caixão, cercado por outros caixões. Gold já estava morto. Ele morreu alguns anos depois de derrotar Red.
Ele era um jovem treinador que, apesar dos seus esforços para ganhar crachás e ser um mestre Pokémon, não podia escapar do destino inevitável, que é a morte.

Eu não conseguia mais sair daquela caixa de texto. Tentei reiniciar o jogo e a mesma coisa aconteceu, o que fez com que eu desistisse.
Depois de toda aquela experiência, nunca mais irei olhar para os Unowns da mesma maneira.

Fonte: Creepypasta Brasil

Inohe Sig

Deixar uma resposta